Buscar
  • Luizinho Moreira

Plantão Policial da madrugada. Eu vi, não posso omitir.


Após um lamentável acidente ocorrido na madrugada do dia 14 de novembro, felizmente sem vítima fatal, pela primeira vez tive a desagradável, porém, ótima oportunidade de acompanhar o trajeto e as fases necessárias de um plantão policial diante das ocorrências.

O acontecimento, já noticiado pelo jornal Barroso EM DIA, teve início às 2h da madrugada, em frente o Supermercado Moreira; e, o encerramento às 9h30 na cidade vizinha de São João Del Rei.

Foi uma maratona muito desagradável, estressante, desgastante e constrangedora, principalmente em alguns instantes de desequilíbrio emocional do envolvido, mas competentemente controlada pelo Cabo Salvador e Soldado Paez que, em todos os momentos, desempenharam suas funções com grande dose de equilíbrio emocional, heroísmo e desprendimento.

Como os demais, sem um bom salário e com uma infraestrutura inadequada, eles convivem diariamente com uma rotina marcada pelo estresse e pelo perigo constante ao terem que enfrentar, de forma equilibrada, as mais variadas situações. E tudo isso ocorre sem que a maioria da comunidade tome conhecimento.

Enquanto perdurar a situação precária na segurança pública, só nos resta torcer para que o pouco efetivo existente continue motivado, mesmo sem valorização e reconhecimento de muitos, desempenhando o seu papel com a mesma dedicação que presenciei nessa madrugada.

Ao retornarmos para Barroso, aproximadamente às 9h30, exaustos, os bocejos eram inevitáveis. Os dois policiais, mesmo com o horário de plantão vencido, demonstravam contentamentos por encerrarem mais uma rotina fatigante, com sucesso.

Por fim, sem saber qual será a próxima situação e o grau de dificuldade a ser enfrentada, Cabo Salvador e Soldado Paez, assim como eu e o amigo Hélio Alves, retornamos para a aconchego dos nossos lares.


31 visualizações

© 2023 por Nome do Site. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon